A Gevo também realiza a manutenção de estruturas metálicas. Se você já tem uma estrutura que precisa de manutenção, nós podemos ajudar. Uma equipe especializada vai até o local para fazer uma avaliação inicial e verificar quais serviços deverão ser realizados. Depois disso, elaboramos um cronograma de execução juntamente com cliente para que a manutenção atrapalhe o menos possível a rotina da sua empresa.

Uma das situações mais recorrentes no processo de manutenção é a corrosão. Ela pode ser provocada pela água, mas também por uma série de outros fatores. Veja quais elementos podem causar a deterioração do metal.

É um processo eletroquímico em que o aço reage com a atmosfera formando óxido através do fluxo de elétrons. E para que haja o fluxo de elétrons que provoca a corrosão, é preciso que exista um meio eletrolítico como a água e o oxigênio, por exemplo. E quanto mais impura for a água, maior será o efeito de corrosão.

Acontece através do contato de dois materiais com potenciais eletrolíticos diferentes como o aço e o alumínio, por exemplo. Mas pode existir dois potenciais eletrolíticos diferentes em um mesmo material. Quando o aço é dobrado, pode ser criada uma corrente galvânica que provoca a corrosão.

Na manutenção realizada pela Gevo, será avaliado se existem pontos de corrosão e eles serão eliminados através de técnicas que vão depender do nível da corrosão. Depois da correção de situações específicas como essa, será realizado o tratamento e proteção de toda a estrutura metálica.

E a tinta é a melhor maneira de proteger as estruturas. Elas estão divididas em tintas de fundo e tintas de acabamento. O zarcão é a mais famosa das tintas de fundo. Antes da aplicação, as superfícies são lixadas e limpas para que a tinta tenha uma boa fixação. Depois que a tinta de fundo está bem seca, chega a hora de aplicar a tinta de acabamento.

Existem três tipos de tintas que são comumente aplicadas em estruturas metálicas, sendo elas:

Recomendadas para ambientes internos. Podem desbotar se utilizadas em superfícies externas.

Vão bem tanto em ambientes externos como internos. Mas não resistem a molhamento constante.

Excelentes para locais externos. Muito resistentes a ambientes industriais e marinhos.

Atenção à poeira. Ela pode parecer inofensiva, mas ela é uma das principais responsáveis pelo processo de corrosão das estruturas metálicas. Por isso, é indispensável que seja realizado uma limpeza sistemática dessas estruturas.

E não se esqueça que mesmo depois da manutenção, as tintas têm um prazo de validade e que após esse período ela não proteje a estrutura como deveria. Por isso, a manutenção preventiva é muito importante para evitar que você tenha grandes prejuízos devido à falta de manutenção. E o pior, coloque a sua segurança e a de outras pessoas em risco.

Há mais de 10 anos servindo com exclusividade, agilidade e qualidade.